Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

A Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia (SBF), com apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e do Ministério da Saúde, está mobilizado 112 instituições de Ensino Superior que oferecem cursos de Fonoaudiologia em todo o País, com o intuito de discutir a formação dos profissionais da área e o mercado de trabalho oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Para isso, a SBF promoverá, de fevereiro a maio, as Oficinas de Sensibilização de Docentes de Fonoaudiologia para o SUS. Serão quatro oficinas regionais e uma nacional.

Esta iniciativa da SBF é inspirada nas portarias interministeriais nº 2.101 e nº 2.118, de 3 de novembro de 2005, que instituíram as diretrizes do Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde (Pró-Saúde). Desenvolvido em parceria entre o Ministério de Educação e o Ministério de Saúde, o programa visa incentivar transformações no processo de formação, geração de conhecimentos e prestação de serviços à comunidade, para cooperação técnica na formação e desenvolvimento de recursos humanos na área de saúde.

A primeira oficina regional, a da Região Sudeste, será sediada pela PUC-Campinas e realizada de 2 a 4 de fevereiro. O evento ocorrerá nos três dias a partir das 8h, no xxxx, situado no Campus II (Avenida John Boyd Dunlop, s/n, Jardim Ipaussurama). O Campus II abriga o Hospital e Maternidade Celso Pierro, a Clínica de Fonaudiologia – ambos atendem pelo SUS –, a Faculdade de Fonoaudiologia e outros nove cursos da área de saúde da PUC-Campinas.

As inscrições são gratuitas e terminam neste sábado, dia 14 de janeiro. Devem ser efetivadas pela Internet, no site www.cpqam.fiocruz.br/oficinasussbfa, por meio do preenchimento da ficha de inscrição e do currículo modelo, disponível no endereço.

Depois da primeira oficina regional na PUC-Campinas estão previstas mais quatro nas cidades de Belo Horizonte/MG (de 9 a 11 de março), Goiânia/GO (de 16 a 18 de março) e Recife/PE (4 a 6 de abril) e na cidade de Iatajaí/SC (de 13 a 15 de abril). Nos dias 19 e 20 de maio acontece a oficina nacional, em São Paulo (SP), cujos participantes serão selecionados durante as oficinas regionais.

O objetivo do conjunto de oficinas é estimular os docentes, estudantes de Fonoaudiologia e fonoaudiólogos a refletir sobre a atenção à saúde da população, na perspectiva da formação profissional. De acordo com a coordenadora da primeira oficina regional, a professora da Faculdade de Fonoaudiologia da PUC-Campinas Maria Teresa Cavalheiro, a integração com os profissionais de outras áreas de saúde é uma das diretrizes do SUS. “Implica em formação profissional mais ampla, aberta a interações com as demais especialidades, visando o atendimento interdisciplinar”, observa a professora.

Já estão confirmadas para na PUC-Campinas as participações de 150 professores e 30 estudantes. Junto com os profissionais inscritos, assistirão palestras sobre as novas diretrizes de recursos humanos para a saúde. A partir dos conteúdos das palestras, formarão grupos de trabalho para discutir a formação integrada dos profissionais, adequação dos projetos pedagógicos sob a perspectiva de atender as necessidades do SUS, entre outras questões abordas. A programação da primeira oficina regional é a mesma para as demais.

Serviço

A primeira oficina regional do programa Oficinas de Sensibilização de Docentes de Fonoaudiologia para o Sistema Único de Saúde (SUS) terá como sede a PUC-Campinas, nos dias 2, 3 e 4 de fevereiro, a partir das 8h30, no… As inscrições devem ser realizadas pela Internet, no site www.cpqam.fiocruz.br/oficinasussbfa .
Programação

2/02 (quinta)

9h – Mesa de abertura com representantes das entidades e instituições de ensino superior

9h45 às12h30 – SUS e a Política de Recursos Humanos

14h às 17h – Grupo de Trabalho 1 discute as estratégias para implementar a política de Recursos Humanos no SUS

17h às 18h – Palestra sobre a integralidade na formação dos profissionais de saúde

3/02 (



Portal Puc-Campinas
10 de janeiro de 2006