Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Uma apresentação do espetáculo Lautrec, realizada pelo grupo Laboratório do Ator é o destaque da abertura do 1º Congresso Nacional sobre Inclusão de Pessoa com Deficiência, que tem início na segunda-feira (6/11), às 8h30, no Auditório Dom Gilberto da PUC-Campinas (Rodovia Dom Pedro I, km 136 – Parque das Universidades). O evento que tem o tema Encontro com as Diferenças: reflexões e ações, colocará em discussão temas relacionados às políticas públicas, ao papel do Estado e dos órgãos públicos, da Universidade, da sociedade civil e da iniciativa privada quanto aos direitos do cidadão deficiente. A programação completa do Congresso e do Festival de Arte estão disponíveis no Portal PUC-Campinas – www.puc-campinas.edu.br.

O espetáculo Lautrec, com atuação da atriz e jornalista da Rede Anhangüera de Comunicação (RAC), Katia Fonseca é baseado na vida do pintor francês Toulouse-Lautrec. Ambos, pessoas com deficiência física, fazem do espetáculo uma denúncia da deformidade social existente tanto no início do século XX quanto no início deste século XXI.

Temas como acessibilidade e cultura; deficiência, formação e trabalho; políticas públicas e inclusão; conceitos e pré-conceitos são algumas das abordagens durante o evento. Outro destaque do evento é a participação de Andreas Heinecke, idealizador do Museu Diálogo no Escuro, no qual os visitantes têm uma jornada fascinante por ambientes diversos, mas totalmente escuros. Cegos passam a ser os guias das pessoas que se sentem agora em um ambiente para o qual não estão preparadas. Com essa imersão no escuro total, percepções, preconceitos e hábitos tradicionais são questionados. Outros sentidos, que não a visão, são explorados e o visitante é levado a redescobrir, em novos moldes, a audição, o tato e o olfato enquanto realiza atividades de seu dia-a-dia, como freqüentar um bar. Diálogo no Escuro já foi exibida em 60 cidades de 13 países diferentes, com um total de pelo menos 700 mil visitantes. Em Hamburgo, a atividade tem sido usada também dentro de um programa para integrar deficientes visuais ao mercado de trabalho.

O Congresso propõe reflexões para a busca da superação dos obstáculos para o exercício da cidadania e da dignidade das pessoas deficientes, por intermédio do intercâmbio de experiências, da relação entre a teoria e a prática sobre inclusão e deficiência, da construção do conhecimento sobre o tema e sobre a relação entre ensino, pesquisa e extensão.

Serviço:

O 1º Congresso Nacional sobre Inclusão de Pessoa com Deficiência da PUC-Campinas ocorre de 6 a 8 de novembro (segunda a quarta-feira), no Auditório Dom Gilberto da PUC-Campinas – Rodovia Dom Pedro I, km 136 – Parque das Universidades. A programação completa do evento está no Portal PUC-Campinas – www.puc-campinas.edu.br.



Portal Puc-Campinas
3 de novembro de 2006