Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Contatos oficiais Área do aluno
Novo Vestibular

Arcebispo de Campinas preside missa na Universidade: “Não nos deixemos nem mesmo na indiferença”

Dom João Inácio Müller, também Grão-Chanceler da PUC-Campinas, pede apoio da comunidade acadêmica para que Universidade siga avançando

O Arcebispo Metropolitano de Campinas, Dom João Inácio Müller, celebrou nesta quinta-feira (31), no Auditório do Campus I, a missa de abertura do ano letivo na PUC-Campinas. O religioso, que teve no altar a companhia do Arcebispo Emérito de Campinas, Dom Gilberto Pereira Lopes, do Bispo de São Carlos, Dom Luiz Carlos Dias, do Vice-Reitor da Universidade, Pe. José Benedito de Almeida David, e do Coordenador da Pastoral Universitária, Pe. Antonio Douglas de Moraes, fez menção ao evangelho de João, orientando os caminhos para 2022.

“O evangelho vem reforçar a necessidade de pedirmos sempre mais fé, de rogarmos a Deus que nos dê a graça de crer sem ver, de ouvir sem sentir, de amar sem nada esperar. O desafio é ouvir a voz tão clara e nítida de Cristo, deixando que Ele transforme nossas vidas até a raiz”, afirmou o Arcebispo.

Dom João Inácio também frisou a importância do trabalho colaborativo para que a Universidade siga evoluindo. “Que de fato seja um ano de academia. Que saibamos malear durante o ano as nossas alegrias, visitas e embates. Que nós não nos deixemos nem mesmo na indiferença. Que nós avancemos, tenhamos coragem de nos provocar, estudar, darmos o melhor de nós. Aí, sim, felizes chegaremos ao final do ano com júbilo e ação de graças”, finalizou o Grão-Chanceler da PUC-Campinas.

A celebração, transmitida em tempo real pelo YouTube, contou com a presença de professores, estudantes, funcionários, pró-reitores e, ainda, do Reitor da PUC-Campinas, Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior. Ele destacou o período difícil vivido durante a pandemia, enalteceu o trabalho conjunto da comunidade acadêmica e projetou grandes realizações para o ano letivo.

“Hoje nós celebramos com alegria, depois de 2 anos enfrentando as dores da pandemia. Nesse tempo, todos aprendemos muito. Uma das lições é que não fazemos nada sozinhos. Precisamos estar sempre juntos. Queria agradecer o compromisso dos nossos estudantes, do nosso corpo docente e do nosso corpo técnico-administrativo com a Instituição, que nos levou a superar. É uma alegria estar de volta, ver os jovens dando vida à Universidade. Que a paz de Jesus esteja e permaneça sempre entre nós”, disse o Reitor.

VEJA SANTA MISSA NA ÍNTEGRA.



Vinícius Purgato
31 de março de 2022