/Ementário

Ementário - Serviço Social

Disciplina Ementa
ADMINISTRAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL GESTÃO COM PESSOAS Reflete e analisa as teorias organizacionais e os modelos gerenciais na organização, e nas políticas sociais e de Recursos Humanos na sociedade contemporânea. Possibilita identificar práticas alternativas de administração e de Serviço Social em órgãos da administração pública, empresas e organizações da sociedade civil.
ANTROPOLOGIA CULTURAL Reflexão sobre os processos de formação da cultura brasileira e do pluralismo cultural, tendo como referência o papel dos mediadores simbólicos, o mercado de bens simbólicos, a indústria cultural e a mídia, sobretudo no pós guerra. Estudo de representações e temas que possibilitem contextualizar a discussão da diversidade cultural e da identidade cultural nos planos local, regional, nacional e global.
ANTROPOLOGIA TEOLÓGICA A A partir de conceitos teológicos, estimula o aluno a problematizar e analisar, criticamente, a construção do ser humano na complexa sociedade atual, de massa e de consumo, em que vive, e a cultura nela produzida.
ANTROPOLOGIA TEOLÓGICA B Com os conceitos fornecidos, fundamentalmente, pela Antropologia Teológica, reflete sobre a degradação da vida, do ser humano, da sociedade e da natureza e aponta horizontes de defesa, promoção e afirmação da vida.
ANTROPOLOGIA TEOLÓGICA C Fundamentada na ética teológica e na perspectiva do diálogo com as diversas tradições religiosas, e com as várias áreas do conhecimento humano, oferece ao aluno condições para a elaboração de respostas aos desafios contemporâneos.
ATIV AUT OBERVAÇÃO REALIDADE SÓCIO-INSTITUCIONAL Introduz o aluno em organizações de diferentes áreas sociais para a observação da realidade sócio-institucional e da prática profissional do assistente social. Elabora a documentação em Serviço Social, registra e sistematiza dados observados.
ATIVIDADES AUTÔNOMAS DE ESTÁGIO EM CAMPO I Realiza a observação participante da realidade sócio-institucional, conhecendo a estrutura e o funcionamento das organizações sociais. Desenvolve atividades profissionais com base no Plano de Estágio elaborado entre a Unidade de Ensino e Organização Campo de Estágio. Elabora a documentação em Serviço Social, registrando e sistematizando dados observados.
ATIVIDADES AUTÔNOMAS DE ESTÁGIO EM CAMPO II Realiza a observação participante da realidade social concreta da população usuária da organização campo de estágio, quanto a qualidade de vida, necessidades, expectativas, níveis de consciência, participação, como também, da prática profissional do assistente social nessa realidade. Participa de atividades profissionais com base no Plano de Estágio elaborado entre Unidade de Ensino e Organização Campo de Estágio. Elabora a documentação em Serviço Social, registra e sistematiza dados observados.
ATIVIDADES AUTÔNOMAS DE ESTÁGIO EM CAMPO III Identifica demandas sociais específicas da realidade do campo de estágio, priorizando tema para elaboração de um projeto de intervenção. Desenvolve atividades profissionais com base no Plano de Estágio elaborado entre Unidade de Ensino e Organização Campo de Estágio. Elabora a documentação em Serviço Social, registra e sistematiza dados.
ATIVIDADES AUTÔNOMAS DE ESTÁGIO EM CAMPO IV Executa, monitora e avalia o Projeto de Estágio. Desenvolve, avalia e sistematiza atividades profissionais, com base no Plano de Estágio do Campo elaborado entre a Unidade de Ensino e a Organização Campo de Estágio. Elabora a documentação em Serviço Social, registra e sistematiza dados.
ATIVIDADES AUTÔNOMAS DE ESTÁGIO EM CAMPO V Reflete e analisa competências, conhecimentos e habilidades na realidade específica. Documenta, registra e sistematiza dados/resultados da ação desenvolvida. Executa, monitora e avalia ações com base no Plano de Estágio, elaborado entre Unidade de Ensino e a Organização Campo de Estágio.
ATIVIDADES AUTÔNOMAS DE ESTÁGIO EM CAMPO VI Executa, avalia o projeto de estágio e outras atividades. Sistematiza resultados do trabalho profissional, com base no Plano de estágio elaborado entre Unidade de Ensino e Organização Campo de Estágio, relacionando com o Projeto Ético-Político da profissão. Elabora a documentação em Serviço Social, registra e sistematiza dados.
ATIVIDADES AUTÔNOMAS DE TCC I Identifica demandas sociais do campo de estágio ou da realidade social, priorizando temas para elaboração de um projeto de pesquisa: elabora pesquisa bibliográfica, seleciona e define o referencial teórico sobre o tema da pesquisa.
ATIVIDADES AUTÔNOMAS DE TCC II Realiza a coleta de dados em campo e organiza para a tabulação e análise dos dados.
ATIVIDADES AUTÔNOMAS DE TCC III Analisa e interpreta os dados coletados e elabora o relatório final da pesquisa. Socializa os resultados aos sujeitos envolvidos na pesquisa.
ATIVIDADES AUTÔNOMAS OBSERVAÇÃO REALIDADE SOCIAL Observação da realidade social do cotidiano de populações que habitam diferentes territórios para identificar seus aspectos físicos/urbanos do território; aspectos econômicos, sociais, culturais, religiosos e políticos da população. Elabora a documentação em Serviço Social, registra e sistematiza dados observados.
ATIVIDADES COMPLEMENTARES A Promove atividades de cunho Acadêmico-Científico-Cultural.
ATIVIDADES COMPLEMENTARES B Promove atividades de cunho Acadêmico-Científico-Cultural.
ATIVIDADES COMPLEMENTARES C Promove atividades de cunho Acadêmico-Científico-Cultural.
DIREITO E LEGISLAÇÃO SOCIAL Descreve a organização do Estado, dos Poderes, a partir da Constituição Federal. Analisa as Instituições de direito e as garantias fundamentais de cidadania, bem como a legislação social. Aborda as relações jurídicas que norteiam as Instituições no marco da integração supra-nacional.
ECONOMIA POLÍTICA Estuda o sistema capitalista segundo as análises liberal, marxista, keynesiana e neoliberal. Analisa as transformações contemporâneas no padrão de acumulação e suas implicações nos mecanismos de regulação social e as perspectivas da Política Econômica Nacional.
EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS E IDENTIDADE CULTURAL Contextualiza e articula temas, problemas e abordagens relativas às questões dos direitos humanos, da sustentabilidade socioambiental, do multiculturalismo, da identidade e das relações étnico-raciais.
ESTADO, SOCIEDADE E MOVIMENTOS SOCIAIS Estuda e analisa o estado moderno e sua relação com a sociedade civil com as classes sociais, como os movimentos sociais e as manifestações ideológicas, sócio culturais.
ÉTICA PROFISSIONAL E SERVIÇO SOCIAL A disciplina estuda os fundamentos ontológicos da dimensão ética – moral da vida social. A construção do ETHOS Profissional: valores e implicações no exercício profissional, analisa as questões éticas contemporâneas e seus fundamentos teórico-filosóficos, o Código de Ética Profissional do assistente social e a Legislação Profissional.
FAMÍLIA E PROTEÇÃO SOCIAL A disciplina estuda os fundamentos teórico –metodológicos para compreensão da dinâmica familiar em sua trajetória histórica e no atual contexto sócio-político do país. Analisa as principais questões sociais expressas nessa realidade, os modelos de família, enfatizando-a como eixo matricial da Política Nacional de Assistência Social. Estuda a legislação específica para a área e o trabalho do Serviço Social junto ao grupo família na relação com a rede de apoio e proteção social a família.
FILOSOFIA Mediante conceituação básica da Filosofia, e um processo de reflexão gradual, o educando irá situar-se criticamente no mundo, superando progressivamente forças condicionadoras da manipulação, submissão, percebendo seu valor como pessoa, relacionando-se equilibradamente na perspectiva da teoria-prática-praxis
FORMAÇÃO SOC EC E POL DO BRASIL Estuda a herança colonial e a constituição do Estado Nacional. Emergência e crise na República Velha. Instauração e colapso do Estado Novo. Industrialização , urbanização e surgimento de novos sujeitos políticos. Nacionalismo e desenvolvimento e a inserção dependente no sistema capitalista mundial. A modernização conservadora pós 64 e seu acaso em fins da década de 70. Transição democrática e neoliberalismo.
FUND HIST E TEÓRICO-METODOL DO SERV SOCIAL A A disciplina centra-se no estudo e análise da trajetória do Serviço Social, no processo de profissionalização, compreendendo o conhecimento das fontes teóricas que fundamentam historicamente o Serviço Social. Propõe estudo das influências franco- belga e norte-americana e seu rebatimento na lógica da ação profissional. A compreensão do significado social da profissão, apreendendo particularidades do seu movimento sócio- histórico.
FUND HIST E TEÓRICO-METODOL DO SERV SOCIAL B A disciplina propõe o enfoque das fontes teóricas, incorporadas ao Serviço Social e seu rebatimento no modo de pensar e atuar da profissão. O processo de reconceituação e sua relevância na história do Serviço Social latino-americano.
FUND HIST E TEÓRICO-METODOL DO SERV SOCIAL C A disciplina trabalha no debate contemporâneo, com aprofundamento no Projeto Ético Político da profissão como expressão do significado social da profissão no seu desenvolvimento sócio- histórico.
GÊNERO E SERVIÇO SOCIAL Estuda e analisa as discriminações nas relações sociais de gênero. Reflete sobre a violência, vitimização e fortalecimento dos sujeitos. Capacita para trabalhos de prevenção e intervenção do serviço social.
GERONTOLOGIA E SERVIÇO SOCIAL Analisa as questões referentes à velhice e ao envelhecimento em suas múltiplas determinações, a Política Nacional do Idoso, os direitos e a participação do cidadão idoso, bem como a ação do Serviço Social no contexto gerontológico interdisciplinar.
GESTÃO E SERVIÇO SOCIAL Estuda os novos paradigmas de gestão social. Examina a nova dinâmica social de integração entre áreas específicas de ação governamental e da sociedade civil – ONGs e trabalho em rede. Examina a ação social, a gestão de serviços sociais, financiamentos, avaliação e resultados de projetos sociais.
INFÂNCIA, JUVENTUDE E PROTEÇÃO SOCIAL A disciplina reflete sobre as expressões da questão social, a legislação, as políticas e programas de proteção social à criança e ao adolescente, enfatizando a relação família - sociedade e o trabalho do Serviço Social junto a rede de apoio e proteção social.
INSERÇÃO DO ALUNO NA VIDA UNIVERSITÁRIA Acolhe e acompanha o aluno ingressante - facilita sua inserção na vida acadêmica, oferecendo condições para que assuma a responsabilidade pelo seu processo de formação.
INTERVENÇÃO SERV SOCIAL:ESTRAT MEDIAÇ TÉCNICAS A A disciplina apresenta o estudo do processo de conhecimento dos sujeitos e suas relações sociais e as estratégias, mediações e técnicas de Serviço Social no trabalho com indivíduos, famílias e rede de relações. Analisa e reflete o processo de trabalho na abordagem individual.
INTERVENÇÃO SERV SOCIAL:ESTRAT MEDIAÇ TÉCNICAS B Analisa e reflete sobre a ação do Serviço Social no processo de trabalho numa abordagem grupal, enfocando as estratégias profissionais ,o instrumental técnico operativo e o resultado da ação profissional
INTR. À PRÁT. PROFISSIONAL-REAL. SÓCIO INSTITUC. Disciplina modular (1X15) que introduz o aluno ao estudo / conhecimento sensível da realidade social cotidiana dos usuários de organizações sociais e da prática profissional do assistente social. Estuda conceitos de organização governamental, não governamental e campos da prática profissional. Reflete sobre a desigualdade social e suas manifestações no cotidiano da população. Orienta e acompanha a utilização de instrumentos técnico-operativos para a observação da realidade sócio-institucional e da prática profissional; a elaboração da documentação em Serviço Social como instrumento de registro e o relato da prática para sistematização dos dados observados.
INTRODUÇÃO PRÁTICA PROFISSIONAL: REALIDADE SOCIAL Disciplina modular (1X20) que introduz o aluno ao estudo / conhecimento sensível da realidade social cotidiana de populações, identificando a questão da habitação e do meio ambiente, direitos sociais, civis, políticos, o exercício da cidadania e as formas de organização dos moradores. Reflete sobre a política da habitação no Brasil e habitação no município de Campinas. Orienta e acompanha a utilização de instrumentos técnico – operativos para observação da realidade social; a elaboração da documentação em Serviço Social como instrumento de registro e o relato da prática, sistematizando.
LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS Estuda os elementos constitutivos da língua portuguesa: leitura e interpretação de texto, gramática e produção textual.
METODOLOGIA DE PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL A disciplina estuda elementos básicos da metodologia do trabalho científico, aplicáveis à prática profissional e ao conjunto de conhecimentos específicos da metodologia da pesquisa em Serviço Social.
PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL A Aborda a pesquisa quantitativa, trabalha o método científico e o aprofundamento dos pressupostos teórico-metodológicos da Pesquisa. Enfoca, especialmente a elaboração e execução de um projeto de pesquisa no âmbito do Serviço Social. Introduz conhecimentos de Estatística aplicada à Pesquisa em Serviço Social. Orienta a leitura e a interpretação de indicadores sócio-econômicos.
PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL B Trabalha a pesquisa qualitativa, em seus fundamentos, tipologia, fases metodológicas e instrumental técnico, relacionando-a ao Serviço Social.
PF-PRÁTICA DE FORMAÇÃO A Promove atividades eletivas de estudo, pesquisa e extensão, de caráter desportivo, artístico, cultural, linguístico, religioso, técnico-científico, destinadas à complementação específica, profissional, recuperação, acompanhamento, na forma de cursos, oficinas de trabalho, palestras, estágios profissionalizantes extracurriculares, seminários, retiros espirituais, viagens, visitas, exposições, trabalhos extensionais.
PF-PRÁTICA DE FORMAÇÃO B Promove atividades eletivas de estudo, pesquisa e extensão, de caráter desportivo, artístico, cultural, linguístico, religioso, técnico-científico, destinadas à complementação específica, profissional, recuperação, acompanhamento, na forma de cursos, oficinas de trabalho, palestras, estágios profissionalizantes extracurriculares, seminários, retiros espirituais, viagens, visitas, exposições, trabalhos extensionais.
PF-PRÁTICA DE FORMAÇÃO C Promove atividades eletivas de estudo, pesquisa e extensão, de caráter desportivo, artístico, cultural, linguístico, religioso, técnico-científico, destinadas à complementação específica, profissional, recuperação, acompanhamento, na forma de cursos, oficinas de trabalho, palestras, estágios profissionalizantes extracurriculares, seminários, retiros espirituais, viagens, visitas, exposições, trabalhos extensionais.
PLANEJ SERVIÇO SOCIAL A disciplina de Planejamento em Serviço Social proporciona conhecimentos para a elaboração, execução, implementação e avaliação de planos programas e projetos sociais.
POLÍTICA SOCIAL E SERVIÇO SOCIAL A A disciplina aborda a Política Social na realidade brasileira, a partir de sua gênese e desdobramentos, relacionando-a às questões sociais no capitalismo, às formas de enfrentamento adotadas pelo Estado e pela classe trabalhadora, na perspectiva de direitos e cidadania. Analisa a questão da Seguridade Social e as ações destinadas a assegurar os direitos relativos à saúde, previdência e assistência social, enfatizando, com relação a esta última a LOAS, a PNAS /SUAS e NOB.
POLÍTICA SOCIAL E SERVIÇO SOCIAL B A disciplina propõe o estudo de políticas sociais nas diferentes áreas sociais e a questão da cidadania e sua articulação com projetos de âmbito municipal, estadual e federal. Reflete sobre a intervenção do assistente social junto às políticas setoriais e o projeto ético-político da profissão.
PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL I Disciplina modulada que estuda a metodologia da observação participante para conhecimento da estrutura e funcionamento de organizações sociais nas dimensões espacial e temporal. Estuda e reflete sobre a prática profissional do assistente social nas organizações sociais das diferentes áreas. Introduz análise de conjuntura. Orienta e elabora o relato descritivo, interpretativo, avaliativo da realidade sócio-institucional e a relação teoria e prática. Orienta e acompanha, através da supervisão, a elaboração da documentação em Serviço Social e o instrumental técnico - operativo utilizado.
PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL II Disciplina modular (1X15) que estuda a realidade social concreta da população usuária da organização campo de estágio; observa a prática profissional do assistente social, relacionando com as políticas sociais específicas da área social do estágio. Orienta a elaboração do relato discritivo, interpretativo, avaliativo e a sistematização dos resultados da observação participante. Orienta e acompanha, através da supervisão, a elaboração da documentação em Serviço Social. Reflete sobre a prática profissional observada e o instrumental técnico-operativo utilizado.
PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL IV Disciplina modular (1X15) que realiza a leitura crítica da realidade social, das políticas sociais e propõe ações profissionais tendo em vista a qualificação da prática profissional na atual conjuntura, articulando teoria e prática. Supervisiona a execução, o monitoramento e a avaliação do projeto de estágio do aluno. Reflete e orienta sobre o instrumental técnico - operativo utilizado pelo Serviço Social.
PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL V Disciplina modular (1X15) que orienta a ação profissional do Serviço Social nas diferentes áreas sociais, articulando teoria-prática numa visão de síntese. Reflete as competências, conhecimentos e habilidades utilizadas na intervenção da prática profissional desenvolvida pelo aluno nos campos de estágio. Orienta e acompanha, através da supervisão, a utilização do instrumental técnico-operativo para intervenção na realidade social.
PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL VI Disciplina modular (1X15) que orienta a ação profissional do Serviço Social, articulando teoria-prática, numa visão de síntese. Propicia o fortalecimento do compromisso profissional do aluno no campo de estágio. Aprofunda, avalia, orienta e sistematiza resultados do trabalho profissional do aluno relacionando com o Projeto Ético-Político da Profissão.
PRÁTICA PROFISSIONAL EM SERVIÇO SOCIAL III Disciplina modular (1X15) que propicia a aproximação do discente à realidade social e profissional através da atuação nos campos de estágio. Orienta a elaboração de projetos de estágio e intervenção profissional nas áreas específicas de demandas sociais. A relação teoria-prática é garantida enquanto elemento de mediação e articulação entre os conteúdos e o exercício do trabalho profissional. Supervisiona o fazer profissional do aluno com base no Plano de Estágio. Reflete e orienta sobre o instrumental técnico-operativo utilizado pelo Serviço Social.
PROCESSO ENSINO/APRENDIZAGEM NA TRAJETÓRIA DE FORMAÇÃO Contribui para a reflexão do aluno sobre sua aprendizagem, identificando formas de superação das dificuldades dos aspectos cognitivos e afetivos.
PROGRAMA COMUNIDADE DE APRENDIZAGEM Aprimora e aborda os conceitos fundamentais dos conteúdos das diferentes áreas objeto do PROCAP - enfatizando a contextualização, interdisciplinaridade, objetivando apoiar a construção do conhecimento na vida acadêmica contribuindo para a formação do cidadão.
PSICOLOGIA APL SERV SOCIAL Aborda os principais conceitos da Psicologia Social como fatores básicos do comportamento social, para a compreensão dos fenômenos sociais, necessários à intervenção do Serviço Social.
PSICOLOGIA GERAL A Constituição da psicologia como campo científico. As principais matrizes teóricas do debate contemporâneo das relações indivíduo – sociedade. A fundamentação das questões relativas ao desenvolvimento da personalidade e dos grupos sociais. A constituição da subjetividade no processo de produção e reprodução da vida social.
SAÚDE, PREVIDÊNCIA E SERVIÇO SOCIAL Reflete e analisa a saúde, enquanto política de seguridade social; as tendências e demandas do Serviço Social na área da Saúde Pública, Privada e na Saúde Mental e o espaço ocupacional do Serviço Social na área.
SOCIOLOGIA DAS ORGANIZAÇÕES O conceito de Organização: sua natureza e configurações. Contribuições das teorias sociológicas para o entendimento das organizações sociais. Tecnologia e organização na indústria e nos serviços sociais. Tipos de organizações da sociedade industrial e pós - industrial. Diagnósticos organizacionais e novos processos de gestão. Processos Sociais e o Trabalho em Equipes Multidisciplinares.
SOCIOLOGIA GERAL Processo histórico da formação da sociologia como ciência. Estudo dos clássicos da Sociologia: Durkheim, Weber e Marx. Fatores sociais e culturais do desenvolvimento da modernidade.
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I Apresenta e discute os caminhos metodológicos e científicos na estruturação do projeto de pesquisa em Serviço Social. Aprofunda a reflexão sobre o processo de produção de conhecimento em Serviço Social, a problematização e recorte do objeto de investigação. Orienta e acompanha o aluno na elaboração do projeto de pesquisa, base para o trabalho de conclusão de curso.
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO II Apresenta e discute as etapas do desenvolvimento da pesquisa em Serviço Social, direcionando as situações singulares apresentadas pelo aluno. Apresenta as fundamentações da monografia científica no curso de Serviço Social, relacionando aos padrões metodológicos e exigências acadêmicas e científicas. Orienta a execução da pesquisa, etapa em que se inicia a aplicação dos instrumentos e técnicas, a fim de efetuar a coleta de dados.
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO III Orienta a análise, a discussão e a sistematização dos resultados da pesquisa específica do aluno, com base em referencial teórico. Orienta a elaboração do relatório final da pesquisa (TCC).
TRABALHO E SERVIÇO SOCIAL A disciplina estuda os fundamentos teóricos- metodológico do Serviço Social no campo do trabalho em sua trajetória histórica e contexto sócio-econômico e político. Destaca a intervenção do Serviço Social nas empresas brasileiras, principais demandas, tendências, possibilidades e desafios diante das novas exigências do processo de trabalho.
TRABALHOS COMUNITÁRIOS E SERVIÇO SOCIAL Estuda as concepções de comunidade e território- espaços de ações coletivas e participativas, formas de organização e participação social, metodologias do trabalho comunitário. Analisa e reflete sobre experiências de Serviço Social e processos de trabalho do assistente social numa abordagem comunitária, enfocando estratégias e instrumentos técnicos.